blog

Street View celebra 10 anos

30

maio

Street View celebra 10 anos

Google Google Maps

O Street View começou como uma ideia ousada de Larry Page para criar um mapa em 360 graus do mundo. Hoje, 10 anos após a primeira imagem ser publicada no Street View, as pessoas podem escalar montanhas, mergulhar nas profundezas do oceano, explorar becos onde vendem lámen e percorrer museus em cantos distantes do mundo. Na última década, muita coisa mudou — a tecnologia que usamos, o próprio planeta –, mas o objetivo do Google Maps permaneceu o mesmo: te ajudar a navegar e descobrir novos cantos do mundo. Assim, parabéns pelos dez anos do Street View!

Agora, vamos voltar no tempo e ver como tudo começou. Larry começou o primeiro protótipo, em 2004, com uma equipe de Googlers que se apaixonaram pela ideia de criar uma visão de 360 graus do mundo. Eles colocaram câmeras em uma van, incluíram alguns lasers (ok, talvez fosse um pouco mais complicado do que isso) e, assim, nasceu o primeiro carro do Street View. Em 2006, o Street View colocou o “pé na estrada”, visitou algumas cidades dos Estados Unidos e, em maio de 2007, a primeira imagem foi publicada. Dez anos depois, divulgamos imagens de todos os continentes, em 83 países, e já viajamos cerca de 16 milhões de quilômetros com o carro. Veja onde já estivemos.

Enquanto nossos carros exploravam ruas ao redor do mundo, sentíamos que ainda faltavam alguns dos lugares mais bonitos da Terra: o mundo que existe além das estradas. Então, desenvolvemos plataformas personalizadas, como o Trekker do Street View, para ir para onde os carros não conseguiam chegar. O Trekker é projetado para andar por ruas estreitas ou por trilhas, capturando imagens a todo o momento. Com isso, já viajamos por maravilhas naturais e por patrimônios da humanidade como o Grand Canyon, o Taj Mahal, o Angkor Wat, as Ilhas Galápagos e até mesmo pelos canais de Veneza. Além disso, o Street View tem sido usado por organizações para observar animais selvagens, como elefantes, chimpanzés, ursos polares e sapos em seu habitat natural. Ao longo dos anos, colocamos câmeras do Street View em uma moto de neve para te levar mais perto do pato Eider-Edredão, nas costas de um camelo para percorrer o deserto árabe, e também em um Trolley para dar uma melhor visão de obras de arte renomadas no mundo.

Para construir nosso mapa do mundo mais rapidamente, em 2013 passamos a contar com a ajuda de voluntários pelo programa de empréstimos do Trekker. Dessa forma, emprestamos câmeras do Street View para coletar imagens de 360 graus dos locais que cada voluntário conhece bem. Em 2015, o aplicativo do Street View surgiu para que qualquer pessoa pudesse publicar fotos esféricas (panorâmicas de 360 graus) de seus lugares favoritos no Google Maps em um instante. Neste último mês, expandimos para mais de 20 novas câmeras compatíveis com o Street View para te ajudar a documentar suas aventuras com imagens de alta qualidade. Agora, qualquer pessoa pode contribuir com imagens panorâmicas para o Street View.

Ao longo dos anos, aprendemos que as possibilidades do Street View são infinitas. Só na América Latina, você consegue passear pelas ruínas do local mais histórico do Peru: Machu Picchu, uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo e um dos locais mais famosos, místicos e espirituais do mundo. Ou então explorar o “Paisaje Cultural Cafetero”, na Colômbia, uma coleção de imagens e exploração de terras de café, cadeias de montanha, florestas nativas e paisagens paradisíacas de Caldas, Quindío, Risaralda e Valle del Cauca. Em seguida, vá até o México e ver uma verdadeira coleção de Dia de Muertos no Google Arts & Culture, com 11 passeios virtuais por museus e cemitérios do México.

No Brasil, você pode planejar uma visita ao Parque Nacional do Iguaçu, com a paisagem única das Cataratas do Iguaçu, conhecer o Rio de Janeiro por todos os ângulos, surfar a Baía da Guanabara com um dos maiores surfistas de stand-up paddle, mergulhar nas paisagens incríveis de Fernando de Noronha ou mesmo visitar um dos cemitérios mais famosos do Brasil, o São João Batista, no Rio.

O Street View vai também muito além das paisagens de tirar o fôlego, o mapa do mundo é formado pelas ruas de nossas casas, onde passamos nossa infância, estudamos… Tudo está lá. Para celebrar os dez anos de Street View, a YouTuber Taty Ferreira colocou o Trekker nas costas e fez a captura de sua cidade natal, Araxá, em Minas Gerais. Logo, as imagens que Taty gravou estarão no mapa, exatamente as ruas pelas quais ela passou e escolheu mostrar para todos — e é possível conferir os bastidores dessa captura no vídeo em seu canal do YouTube.

Não existe nada como a experiência de explorar o mundo, e o Street View pode dar um um gostinho dos lugares que você vai ver pessoalmente um dia, te ajudar a lembrar dos lugares que você já esteve, e também te permite explorar os lugares que você talvez nunca conheça pessoalmente, mas, ainda assim, terá a chance de conhecer. Pegue seu smartphone e dê uma olhada. Muitas maravilhas te aguardam.

 Por: Arjun Raman, Diretor técnico, Street View



Os comentários estão desativados.